Abre os teus braços, meu irmão, deixa cair
Pra que somar se a gente pode dividir
Eu francamente já não quero nem saber
De quem não vai porque tem medo de sofrer
Ai de quem não rasga o coração, esse não vai ter perdão

Trecho de Como dizia o poeta, Vinicius de Moraes (via flor-de-papel)

(via flor-de-papel-deactivated201301)

  1. lembrancas-a-g-r-i-d-o-c-e-s reblogged this from canciondelalma
  2. ciciando reblogged this from flores-de-dentro
  3. em-frente-emfrente reblogged this from pura-coincidencia
  4. maiaradecarli reblogged this from flores-de-dentro
  5. epfanias reblogged this from universoscilante
  6. joseando reblogged this from flores-de-dentro
  7. brinde-a-inocencia reblogged this from pura-coincidencia
  8. pelolhomagico reblogged this from flores-de-dentro
  9. waitfor reblogged this from flores-de-dentro
  10. palavrasrepicadas reblogged this from flores-de-dentro
  11. screamfortheworld reblogged this from flores-de-dentro
  12. shelivesinbrooklyn reblogged this from flores-de-dentro
  13. erapoetica reblogged this from universoscilante
  14. universoscilante reblogged this from flores-de-dentro
  15. canciondelalma posted this